Login

(fechar)

A história da ORTOCIR é a trajetória de uma família visionária.

Em 1962, depois de uma breve, porém bem-sucedida carreira em uma empresa que comercializava equipamentos médicos, Adalberto de Oliveira decidiu abrir um negócio próprio, contando com a ajuda de sua esposa, Helena. Fundou, então, a ORTOCIR, que passou a vender produtos para ortopedia, cirurgias e reabilitação provenientes de diversas empresas, incluindo seu empregador anterior, em uma época em que as cirurgias ortopédicas eram bastante raras. Trabalhando incansavelmente, Adalberto conquistou a confiança de inúmeros  cirurgiões, sempre interessados nas novidades que trazia.


Em 1969, o filho de Adalberto e Helena, que desde muito jovem já pensava como engenheiro, insistiu com os pais que a ORTOCIR deveria não apenas revender próteses ortopédicas, mas também fabricá-las. E assim foi feito. Depois, já como estudante de Engenharia Mecânica, agregou seus conhecimentos da faculdade aos das cirurgias que era convidado a assistir e começou a desenvolver produtos com base nas necessidades de cirurgiões para proporcionar mais qualidade de vida aos pacientes.


Com uma demanda cada vez maior, nos anos 70, a ORTOCIR abriu diversas frentes de vendas pelo Brasil e ampliou a divulgação dos produtos em feiras e congressos. Em 1976, a nora do casal também juntou-se à empresa. No final desta mesma década, a filha de Adalberto e Helena, que já ajudava na ORTOCIR desde muito jovem, integrou-se definitivamente à equipe.


Já em sede própria, e com um legado de seriedade, competência e compromisso com os clientes, dos anos 80 aos 90, a ORTOCIR foi ganhando a representação de diversas empresas estrangeiras, de renome mundial. Começou também a participar de cursos no exterior e a ministrá-los para cirurgiões no Brasil, o que conferiu ainda mais prestígio à empresa.


Hoje, 50 anos depois de sua fundação, a pioneira ORTOCIR renova seu fôlego e seu espírito de inovação com a colaboração das netas e do neto de Adalberto e Helena, bem como de seus respectivos cônjuges, além de mais de 50 colaboradores que já fazem parte desta família.


Uma empresa que nasceu no aconchego familiar só poderia transformar-se em exemplo de negócio sólido e íntegro.