Login

(fechar)

Úmero Proximal Min. Invasivo

Seguindo os mais modernos princípios de osteossíntese, a placa Úmero Proximal representa uma evolução no tratamento das fraturas complexas de úmero. Sua principal vantagem é a técnica atraumática de inserção, que oferece contato mínimo com a interface placa/osso e preserva a irrigação óssea e biológica. Possui formato anatômico e permite flexibilidade na colocação dos parafusos, possibilitando uma construção angular estável. Proporciona, ainda, estabilidade mecânica e maior segurança para o tratamento, diminuindo o tempo global de consolidação.

Características técnicas

• Design anatômico com alargamento dorsal assimétrico para fixação segura da tuberosidade maior;

• Furos orientados distalmente, na área de transição, para estabilização de fraturas próximas ao colo;

• 6 orifícios oblíquos na extremidade proximal, permitindo a passagem de fios de sutura. A direção e a localização desses orifícios favorecem suturas adicionais após a osteossíntese completa;

• Disposição divergente e convergente dos parafusos na porção proximal da placa, aumentando a estabilidade no osso osteoporótico;

• Fixação eficiente de fraturas complexas pela inserção individual dos parafusos na cabeça do úmero;

• Parafusos de ângulo fixo e convencionais (Ø 3,5 mm), que podem ser fixados na porção da cabeça e da diáfise;

• Instrumental simples e de fácil visualização;

• Tratamento especial da superfície através de anodização tipo II (Dotize®) nas placas e parafusos de ângulo fixo, resultando em:

– tendência reduzida de fusão a frio dos parafusos na placa;

– superfície de titânio;

– melhor resistência à fadiga dos implantes;

– redução significativa da liberação de A1
e V.